Wednesday, May 12, 2021

sombra enredo

Às vezes eles chegam de mansinho
Abrindo a porta e metendo a cara na fresta
Põem primeiro um pé pra dentro
E adentram pé ante pé até a antessala
Onde um torvelinho de confusão mental
Se estabelece
O batuque no peito marca passo
Fantasias geram desconforto
Alegorias irradiam calores no palco das emoções
Onde reinam os pensamentos nefastos




No comments: