Wednesday, May 12, 2021

sombra enredo

Às vezes eles chegam de mansinho
Abrindo a porta e metendo a cara na fresta
Põem primeiro um pé pra dentro
E adentram pé ante pé até a antessala
Onde um torvelinho de confusão mental
Se estabelece
O batuque no peito marca passo
Fantasias geram desconforto
Alegorias irradiam calores no palco das emoções
Onde reinam os pensamentos nefastos




Tuesday, March 30, 2021

haikai

Bolsonaro uma ova
o país indo pro buraco
o povo indo pra cova

Friday, March 19, 2021

tátil

Eu não fui como queria ter sido
Eu queria tecido de seda
Aveludado, de caimento belo
Eu queria ter sido
Não forjado como o metal
Batido, esquentado
Esmurrado na bigorna
Amolado
Não, nada de gume
Mas no polegar sente-se ao passar
O fio do lume



Wednesday, November 25, 2020

1550-1888

 A escravidão 
durou 338 anos no Brasil.
Ignorar isso
é favorecer o (ost)racismo.


Friday, August 21, 2020

claustro

Estou enclausurado
Um ser hermético, ensimesmado
Introspectivo, profundo
- o ego de lado
Equilibrando na corda bamba
dos nervos
Num inferno assexuado





Friday, August 14, 2020

a cor de um fonema

Colecionava um espectro de meias verdades.
Carregava no tom conforme a necessidade.
Inventava nuances, retocava as falácias.
Na sua paleta de vida, era uma mente rosa.

Thursday, July 23, 2020

haicai

céu azul
o dia canta
em sol maior