Friday, March 12, 2010

abissal

O homem é um produto do meio
Eu tenho meus meios
Ora explodo como um obus

Ora me fecho em concha
Molusco, remoo

Em meio amargo
Cristalizo lágrimas
Somatizo pérolas

10 comments:

Cosmunicando said...

você certamente somatiza pérolas em forma de palavras, poeta!
lindo isso.
bjos

Aroeira said...

(reverência)

Cynthia Lopes said...

Sempre achei seus poemas
preciosos, como
pérolas...
bjs

Aroeira said...

(reverência)

J.F. de Souza said...

benditos sejam
os que transformam suas lágrimas
em pérolas


prazer em conhecer.

1[]!

Elza Fraga said...

'Eu somatizo lágrimas
e cristalizo amargo,'

deve ser porque sou menina, rsrs,
sexos diferentes sentem diferente, né mesmo???

Meu bom humor voltou, estou indo bem, cada dia uma melhorazinha titica de nada daqui, outra dali,
até o juízo final! Hehe.

Vi seu recado no yogurt, preferi responder por aqui, pelo menos me extasio na sua poesia.
Saio ganhando, no lucro!!!

Bitokitas, amo você [tipo fraterno], mas sincero, rs.

tamara said...

woww!!!

Fouad Talal said...

versos na-cara(dos)...

Um achado!
Abraços!

Maria Muadiê said...

REVERÊNCIA.

Aroeira said...

uauoua!