Wednesday, June 08, 2011

bagagem

levo comigo um punhado de pedras
as que me acertaram
as que catei na rudeza dos caminhos
aquelas nas quais eu tropecei

levo comigo também as perdas
- um fardo na existência
que me leva a deixar rastros

trago comigo as penas 
– as sentidas e as imputadas
mas me faltam aquelas que me alçariam voo
e me tornariam mais leve

8 comments:

iaiá feliz da vida said...

um sacode na alma...
amei... chorei!

Otávio said...

Sensacional de fato.

Achei peculiar a analogia de perdas e pedras!

Quem nunca pedreu alguém que atire a primeira perda.

db1 comunicação & imagem said...

vale. De montão.

Poupée Amélie™ said...

Perder doi.
Perder machuca.
Perder exige força.
Perder é para os fortes.
BeijO*

Cynthia Lopes said...

pedras, perdar, penas
que te quero asas!
bjs

Maria Muadiê said...

eu e tudo que trago comigo.

Sofia Fada said...

nossa, nessa aí vc se superou.
ficou leve e muito profundo.

Mirinha!!! said...

Gostei...