Thursday, September 14, 2006

O único drama da vida
era quando a garrafa
de uísque ia acabar.

Sacava
lá do fundo da gaveta
o dosador.

Não tinha choro.
Era dose!

1 comment:

Dani Morreale said...

Dose exagerada!
Chorinho melancólico.
Alcool que evapora
na gargante dos abandonados...

hihihi