Monday, January 15, 2007

pontes sobre o rio

Aves são pontes
que cruzam o céu.

rapina / pinguela

Alçar vôo
é riscar o ar.

Escrever é a arte de fazer
a ponte
entre a cabeça e o papel.

A mão é a ponte.
A caneta também.

Tudo é ponte
Tudo é sobre,
sobretudo.

5 comments:

Mateuzinho Lage said...

Muito bom o site... Valeu

Andrea******************** said...

Para o seu alento...declaro..a contento...que vc levanta a poeira...poética meu querido Aroeira!

Sem eira e nem beira... sem esquinas e nem quinas... cheio de pontes...és muitas fontes!

Dani Morreale said...

sobretudo você é sobre-natural. E pessoas como vc são tantas pontes que podem nos levar para precipicios ou escada para ver o céu.

Adoro.

Mató said...

Ventania,
dizem que as pontes industrutivéis
são os da nossa mente!
caminhamos firmes e altivos sobre as pontes da alma!
sentimos a briza suave sobre a nossa pele!
respiramos e vuamos em cima deles sem barreiras e freios!
vôos livres, sem correntes e inibições,
na total imensidade desse universo de amantes!
beijos,Mató

Pavitra said...


aroeira, esse é um dos poemas que tomo como preferidos aqui...

adoro escrever e ler sobre o ato de escrever e vc fez isso tão bem!!!

lindo demais!