Friday, November 21, 2008

artemanha

a poesia é fato
o fato é artifício
o poema é artefato

8 comments:

Cosmunicando said...

e o poeta, fictício?

=)

sempre muito bom!

Aroeira said...

rarará boa esta, padmaya.

Mariana said...

ô esse minino, que trem lindo aquele que tu colocou lá no reply!

Lídia Chaves said...

Adoro essas sacadinhas!
=D

Pavitra said...


ahahhaa

muito boa mesmo, a da padmaya!

Elza Fraga said...

Meti o bedelho no seu poema, leia abaixo, rsrsrsrs.

E coloca a ferramenta de acompanhar seu blog, porque aí eu me ponho de acompanhante e recebo as suas atualizações, vice, menino?!

A poesia é fato ou ofício?
O fato é artifício ou fator?
O poema é artefato?

Não, o poema é dor!

Bedelho devidamente metido, fuuuui!
:)

Sofia Fada said...

Oi. Trabalho com a Cristina Rosa e ela me apresentou seu blog, do qual, aliás, gostei bastante. Esse poema me lembrou Leminski, que adoro.
Parabéns pelos escritos.

bj
Sofia

rodrigo mebs said...

gostei bastante desse!