Wednesday, March 25, 2009

cada vez

Cada vez mais
Me afasto
Do nefasto

Estou farto
Me infarto
Cada vez menos

11 comments:

Mariana said...

Sábio Arô,

isso é ótemo!

Cynthia Lopes said...

Parabéns, Senhor Capitão! bjs

Giovani Iemini said...

simples e boa!
[]s

líria porto said...

esse é a minha cara - sem stressssssssssss

Aroeira said...

rarará eu sabi que vc ia gostar.

Anonymous said...

E eu me infarto cada vez mais, rsrsrsrsrsr.
Muito bão!!!

Henrique said...

o que será o meu nefasto que impede o meu infarto?

pensando...
pensando...

acho que é não se sentir localizado

Aroeira said...

e nem precisa de bússola ou gps, amigo. o nefasto tá walking around... você o vê nos olhos, nas atitudes e até nas intenções. pé de pato, mangalô três vezes.

Retalhos de Amor said...

Caminhei em tuas palavras
Nas paisagens me fiz
E quão maravilhada fiquei!!!

Aplausos, Poeta!!!

Beijos mais...
No coração, Amigo!!!
Iza

Anonymous said...

Quase infartei nessa lida (dessas suas palavras). Prestei homenagem lá no liquidificador... (Pode ir lá, deixei desligado).

Sofia Fada said...

li primeiro no liquidificador, agora aqui...
muito bom o jogo de palavras e o poema
bj!