Wednesday, March 25, 2009

cada vez

Cada vez mais
Me afasto
Do nefasto

Estou farto
Me infarto
Cada vez menos

11 comments:

Mariana said...

Sábio Arô,

isso é ótemo!

Cynthia Lopes said...

Parabéns, Senhor Capitão! bjs

Giovani Iemini said...

simples e boa!
[]s

líria porto said...

esse é a minha cara - sem stressssssssssss

Aroeira said...

rarará eu sabi que vc ia gostar.

Elza Fraga said...

E eu me infarto cada vez mais, rsrsrsrsrsr.
Muito bão!!!

Henrique said...

o que será o meu nefasto que impede o meu infarto?

pensando...
pensando...

acho que é não se sentir localizado

Aroeira said...

e nem precisa de bússola ou gps, amigo. o nefasto tá walking around... você o vê nos olhos, nas atitudes e até nas intenções. pé de pato, mangalô três vezes.

Retalhos de Amor said...

Caminhei em tuas palavras
Nas paisagens me fiz
E quão maravilhada fiquei!!!

Aplausos, Poeta!!!

Beijos mais...
No coração, Amigo!!!
Iza

Liquidificador a Gas said...

Quase infartei nessa lida (dessas suas palavras). Prestei homenagem lá no liquidificador... (Pode ir lá, deixei desligado).

Sofia Fada said...

li primeiro no liquidificador, agora aqui...
muito bom o jogo de palavras e o poema
bj!